Campanha nacional de prevenção do HPV vai acontecer também na Madeira

Iolanda Chaves

Uma campanha nacional de prevenção do HPV (Papiloma Vírus Humano) vai decorrer também na Madeira graças a uma iniciativa do Núcleo Regional da Liga Contra o Cancro que conta para o efeito com o apoio do Grupo Sousa.

A notícia foi avançada pelo presidente da Direção da Liga, Ricardo Sousa, durante a celebração de um protocolo com a Porto Santo Line, do Grupo Sousa, devendo referir-se que o cancro do colo do útero é uma das consequências mais graves da infeção por HPV.

A campanha em questão deverá arrancar entretanto no continente e, dependendo da calendarização, deverá chegar à Região no final do ano. O apoio logístico do Grupo Sousa é importante porque implica o transporte por via marítima de uma unidade móvel (camião).

O protocolo celebrado com a Porto Santo Line, por seu turno, contempla um apoio à Liga Contra o Cancro ma deslocação, no Lobo Marinho, dos técnicos e voluntários que auxiliam os doentes oncológicos porto-santenses e respetivas famílias.

Ricardo Sousa agradeceu o apoio, da ordem dos 8.400 euros, para este ano, que se estende a 2020 com mais 5.600 euros. Conforme esclareceu, não se trata aqui de uma diminuição no valor do apoio considerando o outro apoio que o Grupo Sousa proporcionará com a vinda do camião da prevenção do HPV.

Falando em nome do Grupo Sousa e da Porto Santo Line, Amaral Frazão enfatizou o gosto que a empresa tem em poder ajudar e contribuir para que os técnicos possam ir ao Porto Santo com regularidade.

Ricardo Sousa acrescentou que também haverá a possibilidade de um grupo de doentes porto-santenses fazer uma viagem de lazer à Madeira e vice-versa, algo que foi aplaudido pelas senhoras presentes na cerimónia, que o presidente apresentou ao capitão de mar-e-guerra como "sobreviventes de cancro da mama".