JM - Edição impressa: Ministra e vice-presidente em sintonia no Caniçal - Desporto: Marítimo dá pontapé na crise

O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, foi o anfitrião da ministra Ana Paula Vitorino, ontem à tarde, numa visita surpresa ao Caniçal. Sublinha a manchete de hoje do JM, que esta foi uma oportunidade para Lisboa e Funchal se sentirem em sintonia em relação à ‘operação ferry’ para todo o ano, desconvocação de greves e reforço de segurança para os navios registados no RIN-MAR, diz a página 8;

O novo bispo já fala aos madeirenses. Em declarações ao JM, D. Nuno Brás mostra-se entusiasmado com o desafio na Diocese do Funchal. O Vaticano confirmou a nomeação, gerando uma onda de elogios, dizem as páginas 4 e 5;

A Mudança entusiasma o PS-M, dizem as páginas 6 e 7;

Saiba ainda que o JM leva as ‘Jornadas Madeira’ a Santana. A escolha da Ilha é exemplo do abandono que chega ao Norte. Sem alunos, restam equipamentos empilhados e uma fotografia antiga de Alberto João Jardim, tombada. JM publicada amanhã um Caderno de 24 páginas com o retrato de Santana e terça-feira há debate sobre o concelho, dizem as páginas 10 e 11;

Quanto ao Governo quer amortizar 355 milhões, refere a página 17;

Um jornal, duas capas. No desporto, o Marítimo dá um pontapé na crise, com a vitória no Bessa por 1-0, alcançando assim a segunda vitória consecutiva, ganhando tranquilidade e fugindo da zona de despromoção. Mas ainda há muito caminho a percorrer, dizem as páginas 38 e 39;

Já Ronaldo ficou em branco na Taça de Itália, refere a página 36;

Destaque para o 1.º de Maio que bateu o Andorinha, num jogo intenso, no qual a equipa de Santo António tudo fez para conquistar outro resultado. Mas a formação do Palheiro Ferreiro foi mais feliz.