“TAP não tem obrigação de serviço público”, assegura antigo CEO da TAP

David Spranger

“TAP não tem obrigação de serviço público,” garantiu há pouco Fernando Pinto, que continua a ser questionado pelos deputados que compõem a Comissão Eventual de Inquérito de gestão da TAP em relação à Madeira.

Recorde-se que Fernando Pinto cessou funções em janeiro de 2018 como presidente do Conselho de Administração da companhia aérea, mas a comissão entende que as adversidades para a Região tiveram início ainda no seu ‘mandato’.