Comissão de Utentes exige solução para colmatar listas de espera para cirurgia

A Comissão de Utentes do Serviço Regional de Saúde esteve esta manhã no Hospital Nélio Mendonça, numa iniciativa para apontar a necessidade de se tomarem medidas para a redução das imensas listas de espera, uma vez que o Programa de Recuperação de Cirurgias não tem chegado para colmatar esta falha.

Filipe Olim, porta-voz da Comissão de Utentes, refere-se aos dados do SESARAM para lembrar que "as listas de espera para cirurgia em 2017 atingiram o número abismal de 18.699, a 31 de dezembro, e ao abrigo do Programa de Recuperação de Cirurgias apenas foram realizadas 874 em 2017".

Segundo a mesma fonte, "o Programa de Recuperação de Cirurgias é claramente insuficiente para as necessidades apresentadas pelos utentes da Região".

Por este andar, prossegue, "as listas de espera nunca acabarão, pois não podemos esquecer que os números das cirurgias em espera não param de aumentar".

"É quase perverso apresentarem o Programa de Recuperação de Cirurgias como uma vitória, quando está tão longe de atingir aquilo são as reais necessidades dos utentes da Madeira e Porto Santo", conclui Filipe Olim.