Cafôfo não reconhece razões apontadas pelo deputado do JPP para sair da coligação

Carla Ribeiro

O presidente da Câmara Municipal do Funchal lamenta e diz não reconhecer as razões apresentadas pelo deputado municipal do JPP (Juntos Pelo Povo) para deixar a coligação Confiança, na Autarquia do Funchal.

Paulo Cafôfo diz que ainda na última Assembleia Municipal foi aprovada uma proposta do JPP para apoio aos doentes oncológicos. "Estamos a nos aproximar de um ano eleitoral com três atos eleitorais e os partidos começam a posicionar-se e a Assembleia Municipal é também um palco político", afirmou o autarca, esta tarde, aos jornalistas, à margem das declarações sobre a reunião de Câmara. Paulo Cafôfo diz que continuará disponível para dialogar e conseguir convergência nos assuntos importantes para o Funchal. "Não consigo perceber o alcance das críticas", afirmou Paulo Cafôfo, comentando as razões apontadas pelo deputado do JPP que passa agora a independente.

Refira-se que o JPP deliberou romper com o pacto coligativo e deu conta dessa decisão na noite de ontem.