Sete cães envenenados no Funchal

Cláudia Ornelas

Um homem denunciou o aparecimento de sete cães mortos, no Caminho do Pico Infante, perto do Estádio da Madeira, no Funchal.

Desde há quatro anos que Paulo Nunes tinha o hábito ir ao local alimentar os animais, garante, acrescentando ter sido multado por esse motivo. Refere o próprio que chegou a ir à Câmara Municipal do Funchal denunciar a situação.

Entretanto, numa das vezes que lá foi, deparou-se com sete - dos nove animais que frequentemente lá estavam - sem vida. Suspeita que terão morrido envenenados pois encontrou um pedaço de carne ao pé de um deles. Disse ao JM que foi ele quem enterrou os corpos.

“Os cães não faziam mal a ninguém”, garante este homem.