JM - Edição impressa: Cafôfo ilibado e Idalina acusada - Desporto: Sporting ganha no final

A decisão do Ministério Público sobre a tragédia do Monte afasta Paulo Cafôfo da lista de arguidos, é a notícia que faz manchete hoje no JM. Porém, é acusada a vereadora Idalina Perestrelo, na altura vice-presidente da CMF, e o chefe de divisão de jardins, que surge na capa da edição impressa desta sexta-feira. Em causa estão 13 crimes de homicídio negligente e 24 por ofensas à integridade física por negligência. Nas páginas 6 e 7 os partidos comentam, mas com prudência;

Na edição de hoje, conheça as oito empresas da Madeira que estão presentes na Feira do Imobiliário em Lisboa;

Leia ainda que o PSD desenterrou um conflito antigo com Lisboa. Referem as páginas 4 e 5 que Câmara de Lobos deu protagonismo ao presidente da Assembleia regional e ignorou o representante da República. Com críticas a António Costa;

Chamada para a Defesa do Consumidor que não tem queixas de fraudes por transferência bancária. Recorde, no entanto, na página 3, alguns conselhos de segurança para não ser enganado;

Já o Parque Temático da Madeira assinala o 14.º aniversário e o programa inclui diversas atividades. Leia mais sobre todas as freguesias de Santana, nas páginas 10 e 11;

A capa de hoje faz ainda referência a Diana Pimentel. Esta Professora Auxiliar na Faculdade de Artes e Humanidades da Universidade da Madeira explica, da página 30 à 32; “o privilégio de comunicar com a poesia de Herberto Helder.

Um jornal, duas capas. No desporto, o Sporting alcançou ontem um triunfo (2-0) no recinto do Vorskla Poltava, da Ucrânica, já nos últimos instantes do jogo. Peseiro encontrou no banco os autores do golo, o primeiro apontado por Montero já sobre o minuto 90, e nos descontos Jovane consumou a reviravolta, diz a página 38;

Já Leonardo Jardim esteve 15 anos a adiar o mau momento e enfrenta agora o pior arranque da época, depois de sucessos consecutivos em todos os clubes que orientou. A página 39 informa que a venda compulsiva de futebolistas ajuda a explicar a crise do Mónaco;

Cláudio Braga faz também chamada nesta edição, pela negativa, sendo menos eficaz do que Daniel Ramos, um assunto desenvolvido na página 36;

Quanto ao Futebol para veteranos deixa de pagar taxas nos recintos, diz a página 35, ao passo que o Nacional procura felicidade em Tondela, declara a página 37;

Aproveite este feriado para ficar a par de toda a atualidade, madeirense e não só, lendo a edição impressa de hoje do JM. Já nas bancas.