PAN elogia trabalho da associação AMAIS na gestão do canil municipal

Iolanda Chaves

O PAN Madeira assinalou esta tarde o Dia Mundial do Animal com uma visita ao Centro de Recolha Oficial de Vasco Gil, no Funchal, e elogiou a capacidade organizativa da associação AMAIS, responsável pela gestão do espaço.

"A visita ao Centro de Recolha Oficial do Vasco Gil mostrou que é possível, com menos recursos, fazer muito melhor. A capacidade organizativa e de gestão da AMAIS demonstra a sua tremenda dedicação aos animais", afirma o PAN em comunicado assinado pelo porta-voz da Comissão Política Regional do partido, João Henriques de Freitas.

O PAN congratula-se "com o esforço que a Câmara Municipal tem feito nestes últimos anos no CRO-VG" e dá os parabéns à AMAIS "pelo árduo trabalho desenvolvido, feito com amor pela causa."

"Para o bem dos animais do concelho do Funchal, espera-se que se mantenham por lá por muito mais tempo", defende o partido.

O PAN assinala que foi bem recebido no canil e teve a liberdade de percorrer todos os espaços e fazer videos e fotografias.

Lamentando que nem todos os animais de estimação possam viver integrados numa família, o partido amigo dos animais, defende seis medidas, a começar pela "necessário de continuar a aperfeiçoar e implementar a figura do animal comunitário, evitando a sua captura, sem uma prévia avaliação e auscultação da população local."

Sensibilizar as populações sobre os maus tratos, o abandono e a importância das esterilizações; endurecer a pena por maus tratos e por abandono, dando, inclusivamente, a este último, a natureza de um crime de "perigo abstrato" e não de "perigo concreto" como hoje está concebido; esterilizar massivamente os animais errantes; esterilizar os animais cujos donos sejam pessoas ou famílias comprovadamente carenciadas e ajudar financeiramente as associações a cumprirem o seu objecto social, uma vez que estas durante décadas, substituindo-se aos deveres do Estado, fizeram e continuam a fazer o trabalho deste, são as restantes medidas defendidas.