Governo promete apoiar "cada vez mais e melhor" as casas do povo

Susy Lobato

O ‘folclore’ foi rei, este domingo, na Ribeira Brava, para onde rumaram centenas de pessoas para assistir às apresentações dos vários grupos que estiveram nesta magnífica vila, a convite da Casa do Povo.

Para a secretária regional da Inclusão e dos Assuntos Sociais não restam dúvidas: “as casas do povo têm um papel fundamental, nomeadamente em termos culturais e desportivos”. É por isso que o Governo vai “continuar a apoiar as casas do povo, cada vez mais e melhor”, conforme sublinhou Rita Andrade, precisamente um dia após o JM ter anunciado que o apoio às casas do povo triplicaram.

Rita Andrade, que falava na abertura deste ‘FestiBrava’, frisou que “é fundamental este intercâmbio”, congratulando-se pelo regresso “em força” deste evento que durante alguns anos não se realizou.

“Que o nosso folclore continue a circular pelo mundo, pois é a nossa forte identidade”, concluiu, dando as boas-vindas, em especial, aos dois grupos nacionais, de Bombarral e Barcelos.

O evento, que se prolongou até à meia-noite, contou ainda com entrega de troféus aos sete grupos, cinco dos quais madeirenses.

Já o presidente da Câmara considerou-o “um evento cultural memorável”. Ricardo Nascimento adiantou que eventos como este são para continuar com o apoio da autarquia, reconhecendo, pois, a sua importância para a afirmação cultural e histórica dos ribeira-bravenses e da Ribeira Brava, bem como para a dinamização do comércio local.