População da Nazaré incrédula com afastamento do padre Anastácio

Carla Ribeiro

A população da Nazaré está incrédula com o afastamento do padre Anastácio Alves do exercício de funções em França, onde se encontrava atualmente, depois de ter exercido na Quinta Grande e na Nazaré.

Nesta última paróquia, terá havido pelo menos uma queixa de assédio sexual a um menor. Mas os que ali vivem dizem não acreditar que o padre "fizesse isso". No entender dos que ouvimos, "não passam de más línguas". "Ele cumprimentava toda a gente. Ele ajudou a construir esta igreja. Ele falava com novos e velhos", desabafou uma das nossas entrevistadas Leontina Pereira.