Festa do Figo e do Tabaibo adiada para a segunda semana de setembro

A Direção da Casa do Povo da Fajã da Ovelha comunicou esta terça-feira que, atendendo às alterações climatéricas e, por conseguinte, ao atraso no ciclo de maturação do figo e do tabaibo, a Festa do Figo e do Tabaibo teve de ser adiada para a segunda semana de setembro.

"Atendendo às alterações climatéricas, os frutos em foco apresentam um atraso no ciclo de maturação, não estando neste momento em condições de serem comercializados nem transformados em subprodutos para serem expostos nas datas previstas inicialmente para a realização do evento", disse a instituição numa nota enviada às redações.

Neste contexto, a Direção da Casa do Povo avançou que solicitou a alteração das datas à Direção Regional de Agricultura, sendo que as novas datas do evento foram calendarizadas para a segunda semana de setembro de 2018, "altura em que esperamos ter frutos em boas condições e alguns subprodutos para degustar", diz.

Com este evento, a Casa do Povo da Fajã da Olvelha espera dar a conhecer as potencialidades destas culturas e promover o seu cultivo através da instalação de pomares organizados.

A intituião informa ainda que o novo programa da festa vai ser brevemente divulgado.