Oposição teme que Área Protegida não seja respeitada

Lúcia M. Silva

As bancadas da oposição, reunidas esta manhã no Parlamento madeirense, temem que a Área Protegida da Ponta do Pargo, bem como as restantes áreas protegidas, não sejam respeitadas.

Os vários partidos com assento parlamentar na ALM temem que os pescadores profissionais e as empresas de atividades lúdicas viradas para o turismo não respeitem a conservação e preservação da natureza.

Respondendo aos deputados, Susana Prada garantiu que haverá sempre fiscalização e que, no seu governo, "as regras são para se cumprir".

A secretária regional do Ambiente e dos Recursos Naturais esclareceu ainda que "nenhuma área protegida foi até agora abandonada" e que, para este processo, "foram ouvidos geólogos e biólogos marinhos".