População mais segura com limpeza de terrenos em São Roque

A secretária regional do Ambiente e Recursos Naturais foi a São Roque ver as operações de limpeza da vegetação invasora que crescia nas imediações das casas, nos sítios do Galeão, Cova e Alegria.

Visivelmente satisfeita com o trabalho do Instituto de Florestas e Conservação da Natureza (IFCN), Susana Prada começou por realçar a concretização dos compromissos assumidos com a população. “O Governo Regional prometeu e está a cumprir”, assegurou a secretária do Ambiente.

Este investimento de 6 mil euros obrigou a uma segunda operação de limpeza em cerca de três hectares de terreno, que estava a ser novamente ocupado por espécies invasoras, atendendo ao seu grande poder regenerativo.

“Esta limpeza evitará a propagação de incêndios, devido à redução da carga combustível, facilitando também o combate às chamas. Estamos, desta forma, a dar continuidade aos trabalhos de limpeza de terrenos, mantendo em condições os espaços intervencionados, evitando a expansão de plantas invasoras que possam aumentar o risco de incêndio florestal, salvaguardando pessoas e bens”, frisou Susana Prada.

Em apenas dois anos, o Governo Regional já intervencionou ou está a intervencionar mais de 800 hectares de terrenos florestais, na Meia Serra, no Pico do Prado, Curral e Chão das Aboboreiras, área já reflorestada.

Há limpezas no Montado do Pereiro e no Chão do Paul da Serra, para possibilitar a regeneração natural da vegetação indígena, e ainda em terrenos privados com recurso a madeireiros, uma vez que 60% da área florestal da região é privada.