PS quer Governo a dizer quanto é que vai pagar pelas uvas

Carla Ribeiro

O presidente do Partido Socialista da Madeira desafiou, hoje, o Governo Regional a dizer, desde já, quanto vai pagar aos produtores pela produção de uvas.

Emanuel Câmara falava nos Lameiros, São Vicente, onde sublinhou que é importante que seja esclarecido, desde já, qual o valor pretendido. Tudo isto, conforme acrescentou, para evitar o que aconteceu no ano passado "em que anunciaram já numa fase em que se estava a vindimar, que iam pagar só 50 cêntimos ao quilo". Aliás, o líder dos socialistas madeirenses lembra que, no ano transato, só depois da reivindicação do PS-M, dando voz aos viticultores da Região Autónoma da Madeira, é que o Governo Regional cedeu e resolveu pagar 80 cêntimos ao quilo.

O líder dos socialistas madeirenses é de opinião de que o valor mais correto para compensar um ano de trabalho e dedicação por parte dos viticultores, seria entre um euro a um euro e meio ao quilo (no caso da casta negra mole). Emanuel Câmara também falou dos apoios do POSEIMA, defendendo que os mesmos sejam derramados pelos agricultores e viticultores.