Sindicato dos Professores diz que estamos perante "retrocesso civilizacional"

Carla Ribeiro

As escolas básicas da Fajã da Ovelha e do Curral das Freiras deverão ser extintas no próximo ano letivo o que segundo diz o sindicato dos professores da Madeira mostra que estamos perante um "retrocesso civilizacional".

Na Fajã da Ovelha, há 120 alunos que deveräo it para a Escola Básica e Secundária da Calheta.

Os 250 da Escola do Curral vão para a Básica e Secundária de Santo António.

Está também prevista uma série de fusões que afetará mais de um milhar de alunos.

O SPM convocou uma conferência de imprensa de urgência (que ainda decorre) para contestar estas medidas e promete agir.

Há segundo, Francisco Oliveira, "falta de respeito pela população em geral e pela comunidade educativa em particular".