Última hora: Fusões e extinções chegam a 15 escolas da Madeira

Miguel Silva

A proposta da Secretaria da Educação para o próximo ano letivo promete uma autêntica revolução que vai afetar cerca de 20 edifícios escolares em toda a Região.

Pelos menos 15 escolas vão ser alvo de um processo de fusão ou de extinção, soube o JM esta manhã.

De acordo com fonte contactada pelo nosso jornal, a proposta que a Secretaria de Educação tem em cima da mesa aponta para uma grande mexida em vários estabelecimentos de ensino.

O documento aponta para alterações que vão afetar cerca de 20 edifícios, uma vez que algumas escolas, como a do Curral das Freiras, estão divididas por mais de um espaço físico.

Soube também o JM que começam a chegar vários pedidos de explicação à Secretaria, uma vez que a proposta surpreendeu não só vários docentes, soretudo o que têm funções diretivas, como também até alguns autarcas.

Há escolas que estavam indicadas como em processo de fusão que passam a estar na lista de extinção, assegura fonte conhecedora do processo ao JM.