PS apresenta queixa no Ministério Público contra Pedro Coelho

Carla Ribeiro

O Partido Socialista da Madeira acaba de entregar uma denúncia no Ministério Público apontando dois atos que considera ilícitos e que foram registados na cerimónia de inauguração do Caminho das Fontes à Partilha, na Quinta Grande, a 2 de junho.

Amândio Silva afirmou aos jornalistas, depois de entregar a queixa no Ministério Público, no Palácio da Justiça, que foram difundidos dois hinos de campanha no ato da Câmara Municipal de Câmara de Lobos. O socialista, vereador municipal na Autarquia camaralobense, diz que compete aos detentores de cargos políticos regrar-se por atitudes de neutralidade. Na inauguração do caminho municipal, terão sido transmitidos dois hinos de campanha: um do PSD e de apoio a Pedro Coelho.

O socialista entende que estas práticas não podem ocorrer após o 25 de Abril. Considerou que Pedro Coelho "usa e abusa do seu cargo e disse mesmo que nem nos tempos de Alberto João Jardim- altura em que havia um poder claramente tentacular- se isto acontecia".