Apenas 120 passagens vendidas para a primeira viagem do ferry

A procura para o ferry 'Volcán de Tijarafe' tem estado aquém das expectativas, tendo em conta o baixo número de passagens vendidas até ao momento. Depois de um primeiro dia de vendas com uma grande 'corrida' aos bilhetes, a procura tem estabilizado em números muito mais baixos, segundo refere Sérgio Gonçalves, administrador da Empresa de Navegação Madeirense ao JM.

Até à tarde de ontem, haviam sido vendidas 1.980 passagens para todas as ligações previstas, sendo que a mais procurada foi a primeira viagem entre Funchal e Portimão, a 2 de julho, com 120 reservas, equivalendo a 12% da ocupação do navio.

Sérgio Gonçalves refere que nas restantes viagens os bilhetes vendidos não chegam sequer à centena, e acrescenta que "apesar de ser ainda muito prematuro, será muito difícil que a operação se prolongue para além das 12 semanas.

Saiba mais na edição impressa do JM desta quarta-feira.