"Derrocada do muro da levada do Pico do Cardo de Dentro poderia ter sido evitada pela autarquia", CDU

Na sequência da notícia avançada hoje pelo JM, que dava conta da queda de um muro situado na Levada do Pico de Cardo de Dentro, a CDU divulgou um comunicado no qual garante que "já há alguns anos" que tem vindo a alertar para o risco eminente de derrocada desse muro.

"Infelizmente, a situação que agora ocorreu, poderia ter sido evitada pela Câmara Municipal do Funchal, se esta tivesse cumprido de forma contundente o seu papel fiscalizador. Ainda no início deste ano, moradores deste Sítio confrontaram novamente a Autarquia para o risco eminente de derrocada e para a falta de segurança que os que utilizam diariamente o percurso na Levada", refere a nota divulgada pelo partido.

A CDU acrescenta que a resposta enviada pela Câmara, acompanhada de um ofício enviada pela empresa Tecnovia, que tem um parque de viaturas sobre o muro, foi a seguinte: "constata-se que a evolução das deformações no muro são praticamente desprezíveis, sugerindo que a estrutura em causa se encontra estável, não havendo por isso motivos que justifiquem uma intervenção no imediato”

"É de lamentar que quando os munícipes alertam, ou neste caso como a CDU que já há muitos anos alertam para este perigo, não sejam levadas em linha de conta e sejam relativizadas. Deve ser exigido o apuramento de responsabilidades para que situações como estas não voltem acontecer, porque em primeiro lugar deve estar sempre a segurança dos munícipes", sublinha o partido.