JM-Edição Impressa: Cafôfo espera medidas concretas - Desporto: Árbitro André Moreira anuncia despedida

O presidente da Câmara do Funchal deposita "expetativas positivas" na visita de António Costa à Madeira, no próximo dia 21. Em declarações ao JM, Paulo Cafôfo não se antecipa ao primeiro-ministro, mas mostra-se confiante no que Costa terá para dizer aos madeirenses.

É este o assunto que faz manchete na edição do JM desta sexta-feira, que adianta ainda que Miguel Albuquerque diz não ter sido informado. Leia mais pormenores sobre este assunto nas páginas 10 e 11.

Neste 11.º dia de maio, realce também para as iluminações decorativas do Natal e Fim de Ano e Carnaval, em que o Governo Regional vai investir quase três milhões e meio de euros até 2020.

Num balanço à greve dos médicos, que mostrou descontentamento, o sindicato garante que os profissionais aderiram em peso na Madeira.

Esta sexta-feira, em destaque está também o IRS, que já devolveu 19 milhões aos madeirenses; a Feira do Livro, em que o escritor Rui Zink é convidado; e o Festival Aqui Acolá, que tem um investimento de 100 mil euros.

Um jornal, duas capas. No Desporto, o JM realça que o madeirense André Moreira vai colocar um ponto final na sua carreira de arbitragem que o havia conduzido ao mais alto escalão do futebol nacional. Uma lesão "roubou" ao jovem a possibilidade de discutir a internacionalização, mas a despedida é feita sem 'ressentimento'. Este é um assunto para ler em pormenor na página 39.

Em matéria de rali, quem sai vencedor da luta a Oeste? João Silva, Miguel Nunes e Alexandre Camacho prometem voltar a animar mais uma etapa do regional de ralis. Aceitam-se apostas acerca do vencedor, com a certeza de que a animação está garantida.

Na Ilha Dourada, por seu turno, a Escola do Porto Santo traz uma centena de alunos para viver as emoções da Festa do Desporto Escolar. Mas o projeto desportivo é bem mais abrangente e reúne nove professores, cada um responsável por um núcleo.

Realce ainda para o treinador do Marítimo Daniel Ramos, que decidiu 'fechar a porta' dos treinos da equipa maritimista até a receção ao Sporting, como forma de preservar os atletas e evitar episódios pouco abonatórios para o futebol português, como aconteceu na semana que antecedeu a visita do FC Porto.

Tudo isto e muito mais para ler na edição impressa do JM de hoje. Não perca também o suplemento infantojuvenil 'Os três da vida saudável'.