Câmara de Santa Cruz diz sentir-se ignorada pelo Governo Regional

JM

A Câmara Municipal de Santa Cruz disse hoje, num comunicado enviado à imprensa, que se sente ignorada pelo Governo Regional a propósito da visita realizada hoje pelo presidente do Governo Regional à Escola das Figueirinhas.

"Lamentamos que o Governo Regional ignore, nestas visitas, os eleitos locais (facto que parecer ocorrer apenas quando as câmaras não são da mesma cor política do executivo regional)", começa por dizer a autarquia no comunicado, salientando que "este ignorar assume particular relevância quando as visitas são realizadas a instituições onde a Câmara tem competências, como é o caso das escolas do primeiro ciclo".

Apelando a um maior diálogo institucional, "tendo em linha de conta os investimentos que a autarquia tem feito nas escolas do primeiro ciclo, nomeadamente com a aquisição de quadros interativos e com a cedência de manuais escolares aos alunos do primeiro ciclo, que este ano chegará também aos de segundo ciclo", o município, presidido por Filipe Sousa, refere ainda que, "relativamente aos quadros interativos, é de sublinhar que o primeiro já está instalado precisamente na Escola da Figueirinhas, pelo que teria sido um prazer apresentar ao Governo esse investimento autárquico".

A nota termina com mais um lamento, neste caso, "à falta de respeito pelos eleitos locais" e à "falta de respeito para com a democracia".