Bispo lembra que curso não é garantia de trabalho e exorta finalistas a não desistir (com vídeo)

O bispo do Funchal advertiu, esta tarde, os estudantes finalistas da Universidade da Madeira e da Escola Superior de Enfermagem São José Cluny que o curso não é, por si só, a garantia de um trabalho, deixando aos jovens uma mensagem de esperança.

Durante a celebração eucarística, na Igreja Paroquial da Sé, D. António Carrilho realçou que este é um "momento de alegria e de gratidão" pelo percurso que ajudou cada um dos alunos a crescer numa formação para a vida.

O bispo reconheceu que o contexto profissional "nem sempre é o que se espera", quer ao nível da vocação, quer ao nível da oferta, realçando que o curso não garante um trabalho.

D. António Carrilho incentivou, ainda assim, os estudantes finalistas a "superar" os desafios diários e a "não perder a coragem de sonhar", mantendo o "olhar em frente" e o "sentimento de persistência", "fé" e "esperança".

Hoje, realizam a bênção das capas e corte das fitas cerca de 250 alunos da Universidade da Madeira e da Escola Superior de Enfermagem de São José Cluny.

Assista a um dos momentos da missa: