Movimento Madeira - Autonomia "motivado" com resposta de Presidente da República

O Movimento Madeira - Autonomia (MMA) declarou-se esta manhã "motivado" após ter obtido resposta a uma carta enviada a 24 de fevereiro de 2018 ao Presidente da República, sobre os juros da dívida da Região Autónoma da Madeira.

"Torna-se público que este movimento obteve resposta por parte da Presidência da República, em carta assinada pelo Chefe da Casa Civil, onde se dá nota que o assunto mereceu a melhor atenção daquela instituição", diz o MMA, numa nota, assinada pelo presidente, Eduardo Freitas.

Neste contexto, adianta, "o MMA sente-se motivado por esta resposta e apela a todos os habitantes da Região Autónoma da Madeira para que deem o seu melhor empenho cívico por esta causa de defesa da coesão nacional, que só se consegue com o tratamento dos madeirenses como cidadãos de parte inteira da República Portuguesa".