Estudantes plantaram árvores no Porto Santo

No mês dedicado à floresta, uma iniciativa de plantação de árvores decorreu no Porto Santo no âmbito do projeto ‘600 Anos 600 Árvores’.

A ideia partiu dos alunos do Curso Profissional de Técnico de Turismo Rural e Ambiental da Escola Básica e Secundária Prof. Dr. Francisco Freitas Branco e contou com o apoio da Câmara Municipal do Porto Santo e com a presença do presidente Idalino Vasconcelos.

O Instituto das Florestas e Conservação da Natureza acompanhou todas as atividades, orientando a plantação nas zonas florestais.

Privilegiadas foram espécies nativas como é o caso do Dragoeiro, da Faia e do Barbusano, adaptadas ao clima árido do Porto Santo.

Os participantes foram sensibilizados para a importância de zelar e preservar as espécies plantadas e incentivados a regá-las.

No próximo dia 1 de novembro, no âmbito das comemorações do Dia do Achamento do Porto Santo, um Dragoeiro será plantado como símbolo do Porto Santo e que vai representar um marco da iniciativa.