Primeiro charter com estudantes já chegou à Madeira

JM

Aterrou esta tarde o primeiro dos dois “charters” que o Governo Regional fretou para trazer os estudantes madeirenses a estudar fora da Região para passarem a Páscoa com a família. O segundo avião deverá aterrar no Aeroporto Internacional da Madeira pelas 21h30.

Esta tarde, junto às portas de desembarque, no Aeroporto Internacional da Madeira, muitas famílias aguardavam a chegadas dos estudantes.

Para darem as boas-vindas aos estudantes estiveram o secretário regional de Educação, Jorge Carvalho, e a diretora regional adjunta para a Economia, Patrícia Dantas Caires.

Na ocasião, os governantes destacaram a importância desta medida de caráter excecional do Executivo madeirense e que trouxe 300 alunos que se encontram a estudar no continente, numa altura em que as tarifas aéreas, devido ao aumento da procura, estavam com preços muito elevados para serem suportados pelas famílias.

Esta medida, tal como foi já foi referida pelo Governo Regional, pretende,acima de tudo, ajudar as famílias, em especial aquelas que, de outra forma, não teriam tido oportunidade de trazer os seus filhos a casa nesta quadra festiva, enquanto não é encontrada uma solução pelo Governo da República para a implementação de um modelo de subsídio de mobilidade que, de alguma forma, salvaguarde o interesse da Região e dos madeirenses e porto-santenses, nomeadamente dos estudantes que se deslocam em épocas de maior afluência.

Além do Governo Regional, esta operação contou com o envolvimento das companhias TAP e SATA, bem como a Confeitaria, a Empresa de Cervejas da Madeira e a Fábrica de Mel do Ribeiro Sêco, que proporcionaram um catering especial durante os dois voos.