Empresa candidata ao ferry pede mais 40 dias

Há mais um pedido de adiamento do prazo para o concurso público para a ligação ferry entre a Madeira e o continente. Segundo apurou o JM, esse pedido foi ontem apresentado e deverá ser analisado hoje em Conselho de Governo.

A empresa candidata, ligada ao grupo Sousa, continua a estar interessada nesta ligação, mas pede um novo adiamento, por um prazo de 40 dias, devido a questões de ordem burocrática e legal.

A entidade continua a dizer que estuda o contrato, bem como o funcionamento dos portos e a inspecionar os locais a operar, assim como o navio e equipamentos a afetar à concessão.

Saiba mais sobre o assunto na edição impressa de hoje do JM.