Deputada do PSD vai questionar ministro a favor dos guardas noturnos

Iolanda Chaves

A deputada do PSD Sara Madruga da Costa prometeu questionar o Ministro da Administração Interna a favor dos guardas noturnos, que estão "há três anos à espera de uma portaria do governo que regule as formações na PSP para poderem aceder à profissão".

Este compromisso foi assumido numa reunião com guardas noturnos, no Funchal.

No final, Sara Madruga da Costa enalteceu o importante papel destes profissionais na comunidade em complemento das forças de segurança.
"Estamos a falar de um relevante serviço de interesse público: o da protecção de pessoas e bens, muito próximo dos cidadãos e que não custa dinheiro ao Estado, havendo por isso todo o interesse em melhorar a sua actividade" considera a deputada.

Fazendo um paralelo com outras situações que na opinião da social-democrata já deveriam ter sido resolvidas pelo Governo da República, a deputada madeirense critica António Costa e o seu governo de "fingirem que governam, mas nada resolvem".

"Há três anos que os guardas noturnos aguardam por uma portaria do governo que regule as formações da PSP para puderem aceder à sua profissão.
Até ao momento e passados três anos nada aconteceu. E o mesmo se passa com o Novo Hospital da Madeira, com a revisão do subsídio de mobilidade, com as dívidas por pagar e com a taxa de juro da Região, três anos depois continua tudo na mesma, ou seja tudo por resolver", sustenta a deputada madeirense na Assembleia da República.