Projeto 'Brincos de Ponta' leva Gangorra ao Porto Moniz

Petra Teixeira

'Gangorra ao Som do Pife' é a segunda exposição itinerante do projecto e já esteve em Ponta Delgada e em São Vicente. Estará patente até 18 de abril.

Inaugura na próxima sexta-feira, dia 16 de fevereiro pelas 11:30 no Centro de Ciência Viva do Porto Moniz, a exposição '20 Anos na Memória: Gangorra ao Som do Pife'. O projeto foi feito no âmbito do projeto 'Brincos de Ponta – Práticas do Património Cultural Imaterial de Ponta Delgada' promovido pela associação ACANGA em parceria com a AMC Xarabanda, a Agência de Promoção da Cultura Atlântica (APCA – Madeira) e diversas entidades locais do concelho de São Vicente.

De acordo com um comunicado enviado pela APCA - Madeira, a mostra que teve início no passado mês de dezembro, aquando das festividades da Primeira Oitava do Natal no sítio da Primeira Lombada em Ponta Delgada e que já passou também pela Câmara Municipal de São Vicente, constitui-se como parte integrante do projeto Brincos de Ponta. A peça tem realizado um itinerário expositivo por vários pontos da Região levando a todo o arquipélago o conhecimento da tradição da Costa Norte da Madeira e de Ponta Delgada, contribuindo assim para o reforço da identidade colectiva local e valorizando a sua cultura imaterial.

"A Gangorra é uma espécie de baloiço formado por dois paus em que um – o moirão – fica assente no chão, enterrado a certa profundidade para que se mantenha firme e o outro, uma espécie de trave curvada, geralmente de pau-de-louro e de grande envergadura é colocado suspenso sobre o moirão e em cada extremidade da trave superior senta-se um jogador que irá alternadamente impulsionar a gangorra ora acima e abaixo ora ainda rodando em torno do moirão vencendo o jogador que demonstrar mais destreza. Já o pife tem caraterísticas muito peculiares, pois é o único aerofone de bisel tradicional na Madeira, e é usado em exclusivo na Primeira Lombada da Ponta Delgada, associado aos festejos do Natal", explica em comunicado.

A entrada é livre para o público em geral até dia 18 de abril.