JM-Edição Impressa: 70 vítimas acolhidas / Desporto: Vitória histórica

Tânia R. Nascimento

Só no ano passado, foram acolhidas na Madeira 70 vítimas de violência doméstica.

A manchete da edição impressa do JM deste domingo avança que, além de 37 mulheres, as casas de abrigo também receberam 33 crianças e jovens. Em 15 anos, mais de duas mil pessoas pediram ajuda à Segurança Social. Saiba mais pormenores sobre este assunto nas páginas 12 e 13.

Neste 28.º dia, damos-lhes conta que há quatro madeirenses nos órgãos nacionais da ANAFRE. Nas páginas 4 e 5, leia que Rui Santos, Pedro Gomes, Duarte Caldeira e Jocelina Melim são candidatos aos órgãos nacionais da Associação Nacional de Freguesias.

Em Palcos, o JM realça a exposição que é vista como embaixada cultural da Madeira em Lisboa.

No que concerne à Região, destaque para o Museu de História Natural, que entrará em obras a partir de junho deste ano, e, ainda, para o Dia do Concelho de Machico, que divide a população. Na página 7, saiba que a maioria das pessoas que aceitaram falar ao JM não vê vantagens na mudança de data.

Um jornal, duas capas. No Desporto, o destaque vai para o Sporting, que venceu ontem a sua primeira Taça da Liga. O Setúbal entrou a ganhar, mas permitiu o empate e a equipa de Jorge Jesus foi mais forte nos penáltis. Saiba mais pormenores na página 39.

Também ontem, Ronaldo marcou mais dois. O madeirense voltou a ser determinante na vitória do Real Madrid sobre o Valência por 4-1.

Este domingo, destaque, ainda, para o Marítimo, que ganha no futebol feminino; para o Madeira SAD, que segue na Taça; e para Joel Tadjo, que pode entrar no Bessa.

Tudo isto e muito mais para ler na edição impressa do JM de hoje, que é também dia de POLVO LIVRE.