Afluência às urnas no PSD regista valores "normais" na Madeira

Alberto Pita

As urnas para a escolha do novo líder do PSD acabam de fechar. Neste momento, e quando estão a ser contabilizados os votos, uma fonte do PSD avançou ao JM que a afluência foi "normal", estando dentro dos valores registados em atos anteriores. Ainda assim, não foi possível avançar o valor da participação na Região, o que deverá ser divulgado ao longo desta noite.

As eleições internas no PSD decorreram hoje entre as 14:00 e as 20:00, em 396 mesas de voto distribuídas em Portugal continental, Açores, Madeira, Europa e Fora da Europa, estando envolvidas cerca de 2.800 pessoas no processo eleitoral. O presidente do PSD-M e presidente do Governo Regional da Madeira foi um dos militantes a comparecer hoje na mesa de voto.

Além do próximo presidente do PSD, cuja escolha esteve entre Pedro Santana Lopes e Rui Rio, os militantes sociais-democratas elegem ainda os delegados ao Congresso, que se realizará entre 16 e 18 de fevereiro, em Lisboa, onde tomará posse o novo presidente do partido e serão eleitos os órgãos nacionais.