16 farmácias da Madeira organizam plano de vacinação de última hora

Como o pico da gripe está previsto para os próximos dias em Portugal, as farmácias estão a fazer um derradeiro esforço para vacinar a população ainda desprotegida. O distrito da Madeira tem pelo menos 16 farmácias habilitadas a administrar vacinas contra o vírus da gripe.

No continente e nas ilhas, existem pelo menos 2.326 farmácias portuguesas habilitadas a administrar a vacina contra a gripe. Esta semana reforçaram stocks, para facilitarem o acesso à vacina aos portugueses de qualquer ponto do território.

"As farmácias são a rede de serviços de saúde melhor distribuída no território e de mais fácil acesso pela população, por isso devem assumir a sua responsabilidade na protecção da Saúde Pública", declara Rute Horta, Diretora de Serviços Farmacêuticos da Associação Nacional das Farmácias (ANF).

A vacinação evita mortes, diminui os riscos associados à doença e está indicada durante todo o Outono e Inverno. «As pessoas devem vacinar-se já. Nunca é tarde para prevenir», apela Rute Horta, farmacêutica com dez anos de experiência em campanhas de vacinação.

As farmácias dispõem de farmacêuticos com formação específica e reúnem todas as condições de segurança protocoladas para a administração de vacinas. Até ao momento, já foram dispensadas509 mil vacinas na rede de farmácias.

As farmácias habilitadas situam-se no Funchal (Monte, Santo António, São Pedro, Sé e São Martinho), em Câmara de Lobos (Câmara de Lobos, Jardim da Serra e Quinta Grande), em Machico (Machico e Porto da Cruz), Canhas (Ponta do Sol) e Porto Santo.