Manifestação de apoio aos cães de Câmara de Lobos

Cláudia Ornelas

'Queremos justiça junta-te a nós' é o nome da manifestação prevista para a próxima terça-feira. O evento está marcado para as 18 horas e terá início em frente ao Palácio da Justiça, no Funchal.

Criada há cerca de 12 horas, a iniciativa que foi divulgado na rede social 'Facebook' já conta com cerca de 140 pessoas confirmadas e mais de 640 interessados.

Criada por Roberto Gaspar, que se define como defensor dos animais, o organizador refere que "o objetivo da manifestaçao é mostrar o desagrado da populaçao da maneira que trataram os animais e as propias pessoas no local, queremos os animais na posse da ajuda alimentar caes para que estes sejam devidamente acompanhados a nivel veterenario e cuidados e pôlos para a adoçao em familias.

São muitos os comentários de pessoas que não estão na ilha da Madeira, mas referem que gostariam de estar presentes. "Estou longe não poderei ir nas estou convosco e demonstro o meu apoio com esta causa, que se faça justiça porque o que fizeram com os animais foi muito desumano", lê-se num dos comentários.

A Associação 'Ajuda a Alimentar Cães', que interveio neste caso, já confirmou a presença na manifestação, partilhando o evento na sua página.

Quanto à petição pública, que foi lançada ontem, a pedir que os cães regressem para a família de Câmara de Lobos, já foi assinada por mais de 2.300 pessoas.