PCP critica ligações aéreas entre Porto Santo e Lisboa

O PCP decidiu apresentar hoje na Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira o “Voto de Protesto” contra a TAP, contra os cortes nas ligações aéreas entre o Porto Santo e Lisboa.

Em causa estão as ligações regulares e directas entre o Porto Santo e a capital do país, que deixaram de existir ao longo da semana por parte da TAP, no final do mês de outubro.

As ligações são feitas uma vez por semana e ao sábado. " Nos dias em que o “Lobo Marinho” não faz viagem o Porto Santo depende inteiramente de um pequeno avião de 19 lugares na rota: Porto Santo - Funchal - Porto Santo", refere o PCP, acrescentando que o corte das ligações "bloqueia o desenvolvimento da economia do turismo" da ilha e limita "o direito à mobilidade dos cidadãos".

"O transporte regular por via a aérea constitui um vector determinante para o desenvolvimento da ilha", acrescenta a nota do partido, salientando também que o "Porto Santo está a viver um tempo de isolamento".