Mais de 500 milhões para potenciar a economia do mar

Tânia R. Nascimento

Estão disponíveis mais de 500 milhões de euros para incentivar o arranque de atividades relacionadas com a economia do mar, a proteção do património natural, a investigação científica e o desenvolvimento empresarial, sendo a Madeira uma potencial candidata em várias destas áreas.

“São instrumentos de âmbito nacional e a Madeira tem provas dadas em áreas como a aquacultura, e a biotecnologia, que se prestam a inovação e podem, com pequenos investimentos, aumentar muito a sua competitividade”, disse o diretor-geral de Política do Mar.

Fausto Brito e Abreu falava no âmbito de uma sessão de esclarecimento sobre os mecanismos financeiros Fundo Azul, MAR 2020 e EEA Grants, criados para potenciar a economia do mar, que decorreu esta tarde no auditório da Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais e que contou com a presença de vários representantes dos setores público e privado.

Saiba mais sobre estes apoios na edição impressa do JM de amanhã.