300 pessoas estão ainda a ser acompanhadas devido à queda da árvore no Monte

O secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, disse hoje que estão 300 pessoas a ser acompanhadas devido à queda da árvore do Monte, a 15 de agosto deste ano.

"Desde o momento do acidente os psicólogos continuam acompanhar ainda familiares e epssoas que estiveram direta ou indiretamente envolvidas nesse acidente e que precisam de ajuda", referiu, informando que são três centenas o números dos que continuam a ser acompanhados nos centros de saúde.

O governante falava após a assinatura de um protocolo com a Ordem dos Psicólogos, em que vai permitir a formação de psicólogos no SESARAM, denominada agora 'Ano Profissional Júnior'. Como o JM avançou esta semana, este é um programa inovador na área da Psicologia e a Madeira é a primeira zona do país a aderir.

Um projeto que tem "efeito imediato" e que terá três recém formados psicólogos a integrarem uma formação 'interna' no Serviço Regional de Saúde, durante um ano.