Forças Armadas testam capacidades de voo dos drones no Porto Santo

Paulo Graça

É um exercício coletivo que vai testar os três ramos das Forças Armadas. São 90 militares e civis, entre eles a ARDITI, envolvidos na missão que engloba quatros ações diferenciadas, junto à costa da ilha do Porto Santo.

O almirante Silva Ribeiro e o secretário de Estado da Defesa, Marco Ferreira, vão assistir ao simulacro da capacidade de drones, num exercício coordenado pelo Comando Operacional da Madeira (COM). Também os três chefes das Forças Armadas estão presentes, num simulacro que vai ter vários drones ao mesmo tempo, além de testar o centro de destacamento.

O cenário é de suspeitas de várias embarcações ilícitas no mar.

São quatro ações em tempo real de vigilância, de busca por suspeitos nas embarcações, além das ações das forças especiais do exército.