Élvio Sousa: "Será Albuquerque uma espécie de manequim nas mãos do poder económico?"

Paula Abreu

No período antes da ordem do dia, na sessão plenária na Assembleia Legislativa da Madeira, o deputado do JPP recordou a polémica em torno das recentes declarações do antigo deputado social democrata na Assembleia da República, Sérgio Marques, ao DN de Lisboa, sobre favorecimentos do Governo Regional a grupos económicos, bem como as afirmações de Eduardo Jesus quando saiu do governo em 2017, em que afirmou ao JM que não se tinha demitido, mas sim dispensado pelo chefe do executivo madeirense.

Feito esse contexto, Élvio Sousa também citou declarações de Miguel de Sousa sobre aquilo que o JPP classifica de regabofe com o dinheiro do povo, para benefício dos grupos económicos de que "ninguém fazia contas, toda a gente autorizava tudo, ninguém se opunha a nada".

E questiona agora Élvio Sousa: "A julgar pelas graves declarações, que no Continente fariam cair governos, será Miguel Albuquerque uma espécie de 'manequim' nas mãos do poder económico monopolista? Será que Albuquerque foi "comprado"? Será que perdeu a genica e a força para fazer frente aos "lobbies no sector", utilizando uma expressão sua nesta Casa em março de 2015.