Albuquerque anuncia que ainda este ano avança concurso público para nova unidade de saúde de 9 milhões de euros

Carla Ribeiro

O presidente do PSD-Madeira, que participa, neste momento, na Festa de Verão no Porto Santo, afirmou hoje que até o fim do ano, será lançado o concurso público para a nova unidade de saúde do Porto Santo. Um investimento superior a 9 milhões de euros e que terá unidade de cuidados continuados. Disse também que o subsídio de mobilidade vai continuar e está assegurado os voos da Ryanair para o inverno.

Miguel Albuquerque, que teve a seu cargo a terceira intervenção da noite, seguindo o presidente da Comissão Política do Porto Santo e o presidente da Câmara Municipal do Porto Santo, aproveitou a presença daqueles que se deslocaram à rua para assistir à iniciativa política, para lembrar os dois últimos anos terríveis que a Madeira enfrentou. Foi a maior crise de saúde pública da sua história, assim como a maior crise económica e social. Mas, mais uma vez, no entender do presidente do PSD-Madeira, os madeirenses e porto-santenses souberam enfrentar a pandemia e ser solidários uns com os outros. E hoje, prosseguiu, "estamos em plena recuperação económica e a Madeira continua a ir em frente". No entender de Miguel Albuquerque, esta garra não se manifesta apenas em altura de crise mas também nas escolhas políticas que fazem. "Nunca tivemos, na História da Madeira, uma concentração de forças anti-autonómicas, lideradas pelo PS-Madeira e por Lisboa, no sentido de tomar o poder da Região a qualquer custo", adiantou. Mas, mais uma vez, "soubemos nos unir e fomos para as eleições". Lembrando que a ofensiva socialista começou em 2019, Miguel Albuquerque afirmou que é preciso celebrar cinco vitórias das autonomias, "cinco derrotas do socialismo colonialista".