Porto Santo continuará a ser “uma terra de oportunidades”, assegura Nuno Baptista

Catarina Gouveia

O Porto Santo assinala este domingo o 26.º aniversário da elevação da Vila Baleira a cidade.

As comemorações tiveram início esta manhã na ilha dourada com uma sessão comemorativa que contou com intervenções do secretário regional da Educação, Ciência e Tecnologia, Jorge Carvalho, do presidente da Câmara Municipal do Porto Santo, Nuno Baptista.

Na ocasião, o líder da autarquia local salientou que, no último ano, foi reintroduzida “uma nova forma de reivindicar”, “muito mais do que exigir”, ou seja, "fazer entender" com a demonstração de trabalho, valores, e percurso trilhado. "Estamos aqui, merecemos a atenção pela nossa competência, pelo nosso trabalho, porque aqui ninguém pode ter jamais o sentimento de que alguém fica para trás", afirmou Nuno Baptista, assegurando que o Porto Santo "continuará a ser, enquanto nós quisermos, uma terra de oportunidades”.

Da sua parte, sublinhou que nunca parou de lutar pelos interesses do Porto Santo, e é isso que se compromete a fazer nos anos em que liderar o Executivo municipal. "Não parei de lutar pela minha ilha e é isso que vou continuar a fazer com a minha equipa", afiançou. “Acreditar nas pessoas” que contribuem para o desenvolvimento do Porto Santo é o que o move, conforme partilhou, sendo esse o motivo principal para festejar, tanto no dia em que a cidade assinala os 26 anos, seja nos 600 anos de história que a ilha tem, e que diariamente são “o principal componente de exigência” para o trabalho ali desenvolvido.
Em representação do Governo Regional, Jorge Carvalho garantiu que o Executivo mantém o “compromisso efetivo” de responder aos desafios e reivindicações da população portosantense. No que concerne à pasta pela qual é responsável, a da Educação, acredita que o Governo Regional apoia o desenvolvimento "criando as condições para que cada um possa trilhar um caminho de sucesso”, afirmou, apontando para o exemplo de Ana Neves, assistente hospitalar de Imunoalergologia natural do Porto Santo e a crescer profissionalmente no continente que foi também oradora nesta sessão.
“Acreditamos que estamos a criar as condições para que qualquer jovem, qualquer criança, no Porto Santo ou noutro ponto qualquer da ilha da Madeira possa concretizar o seu projeto de vida”, reforçou.

Durante a sessão que decorreu ao longo da manhã deste domingo foram entregues os prémios de Mérito Escolar aos alunos com os melhores resultados, no ano letivo 2021/2022, dos estabelecimentos de ensino locais.