Vítima desloca-se do estrangeiro para testemunhar em caso de assédio sexual no Conservatório

Redação

Na sequência da investigação que decorre ao docente do Conservatório Sergey Abakumov, suspeito da prática dos crimes de assédio e abuso sexual, um antigo aluno irá deslocar-se do estrangeiro até à Madeira para testemunhar contra o professor.

Segundo apurou o JM, o homem já adulto concluiu o curso há cerca de dez anos e viajará até à Região para se constituir assistente neste processo, sendo também ele uma alegada vítima de abuso sexual, situação que foi confirmada ao Jornal pelo progenitor.

Recorde-se que, conforme noticia hoje o JM, o coordenador do Curso Profissional de Dança Contemporânea do Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode, Sergey Abakumov, está a ser investigado pela Polícia Judiciária (PJ) por alegadas práticas sexuais e de assédio com alunos, tendo o último caso levado à apresentação de uma queixa às autoridades por parte da família de um aluno no passado mês de fevereiro.

Leia mais sobre este caso na edição impressa de hoje do seu JM.