JPP considera que atrasos das obras na escola da Ribeira Brava prejudicam alunos

O Juntos pelo Povo (JPP) foi esta tarde à Escola Básica e Secundária Padre Manuel Álvares lembrar a necessidade premente de obras naquele local, obras essas que, sublinham, “já foram prometidas e têm sido constantemente adiadas pelo Governo PSD”.

“É uma escola que apresenta problemas estruturais desde há muito tempo, mas a solução prometida continua a arrastar-se no tempo, sem dar respostas às necessidades destes alunos, que serão a geração futura e não têm as condições necessárias para se prepararem para os desafios que o mundo exige”, salientou Rafael Macedo do JPP, que no próximo dia 20 tomará posse como deputado municipal na Ribeira Brava.

O JPP alertou para “o défice ao nível estrutural da escola, mas também ao nível de equipamentos informáticos, digitais e de audiovisual”, uma situação que considera estar a prejudicar e colocar em causa “a preparação, a formação dos alunos e a prática letiva dos professores”.

Perante os atrasos sucessivos nas obras previstas para esta escola, Rafael Macedo sublinha “a urgência” em iniciar esta reabilitação, tendo em conta que a situação atual está a prejudicar “o futuro destes jovens” e deixa uma questão: “Será de facto no início de 2018 que terão início as obras nesta escola?”. A pergunta surge no seguimento do anúncio feito no início do mês, por Miguel Albuquerque, aquando da visita ao Pavilhão Gimnodesportivo deste concelho.