Calheta confirma adiamento das festas

Daniel Faria

A Câmara Municipal da Calheta confirmou o adiamento das festas de São João e do 520.º aniversário do Concelho, que se assinalam amanhã, previstas para este fim de semana, depois da queda de pedras da escarpa situada no centro do concelho.

Tal como avançou o JM, a queda de algumas pedras, esta manhã, na marginal da Calheta determinou assim o adiamento das festas marcadas para amanhã e depois.

Gabriel o Pensador, Karetus e outros nomes faziam o cartaz previsto para estes dias que acaba de ser cancelado.

Em comunicado, a Câmara Municipal refere que após vistoria técnica no local, ficou determinado o adiamento das festas, que serão depois realizadas, em data a anunciar.

A decisão "foi tomada após ascultação de diversas entidades no local", nomeadamente o Secretário Regional dos Equipamentos e Infraestruturas, o Diretor Regional de Estradas, o presidente do LREC e forças de segurança.

A autarquia informa ainda que a escarpa será alvo de intervenção, conforme também já deu conta o JM, pelos Rocheiros do Governo Regional, o que ditará o encerramento da marginal da Calheta, entre a Praceta 24 de Junho e a zona do supermercado Pingo Doce.

O comunicado informa ainda que apesar do adiamento das comemorações alusivas aos 520 Anos do Município, mantêm-se as peças de teatro agendadas no respetivo programa, nomeadamente a peça 'Dois tontos e meio', dos 4 Litro, que decorre esta quinta-feira às 21h00 no auditório do MUDAS, bem como o espetáculo 'Até que a morte nos separe', do Teatro Avesso, que decorre nos dias 30 de junho, 1 e 2 de julho, no mesmo local.