Festas da Calheta adiadas: “Decisão difícil, mas que teria de ser tomada”

David Spranger

“Estão adiadas”. Assim determinou o Executivo Municipal da Calheta, referindo-se às festas do concelho, programada para estes dias, conforme palavras do próprio presidente Carlos Teles, à 88.8 JMFM.

O autarca historia que “hoje, entre as 08h30 e as 09h00, tivemos a queda de algumas pedras na marginal, imediatamente convocamos a Proteção Civil Municipal, falamos com a PSP e Bombeiros. Entrei também em contacto com o secretário regional das Infraestruturas, Pedro Fino, que esteve cá, juntamente com o LREC”.

Revelou também que “os rocheiros do Governo foram monitorizar a escarpa e há ali uma zona sensível que precisa de ser limpa”.

Em consequência, “depois de analisar bem a situação, e porque a segurança está sempre em primeiro lugar, decidimos, com muita mágoa, adiar as festas do concelho da Calheta. E refiro-me a todas as festas, desde o espetáculo que iria acontecer na praia, ás nossas marchas de São João e, como é óbvio, também não há condições para a realização da sessão solene”.

Carlos Teles constata que “é uma decisão difícil, mas que teria de ser tomada em prol da segurança”, bem como que “é uma situação recorrente, infelizmente”. No imediato, “vamos também fechar a marginal da Calheta ao trânsito”.

Gabriel o Pensador, Karetus e outros nomes faziam o cartaz previsto para estes dias, que será, então, adiado para outra data mais oportuna.