Jorge Carvalho releva importância de preparar alunos para desafios tecnológicos e digitais

Jorge Carvalho, secretário regional de educação, Ciência e Tecnologia, esteve esta manhã na entrega de certificações do projeto ‘Escola EDUCAmedia’, na Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos Dr. Eduardo Brazão de Castro, onde reiterou a necessidade de continuar a capacitar os alunos com as ferramentas necessárias para conseguirem responder aos desafios tecnológicos e digitais do futuro.

“O mundo hoje evolui de forma extremamente rápida e (…) temos de preparar os nossos jovens para estes ambientes que serão cada vez mais tecnológicos e digitais”, explanou o governante, entendo que o projeto ‘EDUCAmedia’ tem precisamente esse desígnio de procurar desenvolver competências para que os discentes possam ter uma atitude critica, essencialmente perante a informação. “É necessário termos conhecimentos, formação para tirarmos o melhor partido dessas ferramentas”, advogou Jorge Carvalho.

Reconhecendo que este é um trabalho “extremamente exigente”, o tutelar da pasta da Educação exorta a necessidade de “mais e melhores” métodos de atuação para que os alunos respondam de forma proactiva face aos desafios tecnológicos e digitais.

Na cerimónia foram dez, os estabelecimentos de ensino da Região (Escola Básica do 1.º Ciclo de São Filipe; Escola Básica do 1.º Ciclo de Câmara de Lobos; Escola Básica do 1.º Ciclo da Lourencinha; Escola Básica do 1.º Ciclo Ribeiro de Alforra; Escola Básica e Secundária com Pré-escolar da Calheta; Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Dr. Eduardo Brazão de Castro; Escola Básica e Secundária de Santa Cruz; Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos do Caniço; Escola Secundária Francisco Franco e Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos Dr. Alfredo Ferreira Nóbrega Júnior) que receberam as certificações do ‘EDUCAmedia’, um projeto que sintetiza várias disciplinas, tendo também a função de preparar os alunos para uma melhor utilização dos media e da tecnologia.

“Vivemos num mundo completamente aberto do ponto de vista comunicacional e é necessário ter algum suporte para que a gestão dessa informação que nos rodeia e as escolas têm aqui também um papel muito importante neste processo formativo e educativo”, rematou Jorge Carvalho aos jornalistas, ainda antes do arranque da iniciativa.