14.ª Edição do Prémio Fundação Ilídio Pinho “Ciência na Escola entrega prémios amanhã

O Secretário Regional de Educação, Jorge Carvalho, estará presente amanhã, sexta-feira, pelas 11 horas, na cerimónia de entrega de prémios, a nível regional, do concurso “Ciência na Escola”, que terá lugar na Escola Básica e Secundária Padre Manuel Álvares, na Ribeira Brava.

Este concurso de âmbito nacional, iniciativa da Fundação Ilídio Pinho, em parceria com o Ministério da Educação e o Ministério da Economia e com a colaboração da Secretaria Regional de Educação, destina-se a todos os alunos da educação pré-escolar, dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do ensino secundário, visando incentivar o interesse das crianças e jovens em idade escolar pelas ciências, através do apoio a projetos inovadores de educação e formação.

Este ano letivo, os projetos a concurso, subordinados ao tema “Ciência e tecnologia ao serviço de um mundo melhor”, pretenderam demonstrar as potencialidades da ciência e da tecnologia como oportunidades de resposta aos desafios e principais problemas do mundo atual, tendo em vista a criação de um mundo melhor para todos. Foram valorizados aspetos como a visão multidisciplinar dos projetos, a criatividade e inovação, o impacto social, o potencial de execução e o valor da ideia.

Aos projetos vencedores, a nível regional, foram atribuídos prémios de valor monetário para desenvolvimento dos mesmos:

No 1.º escalão (Pré-Escolar) foi selecionada a Escola Básica do 1.º Ciclo com Pré-Escolar (EB1/PE) de Santana, com o projeto “Folhas mágicas”, premiada com um cheque no valor de 200 Euros;

No 2.º escalão (1.º Ciclo) venceu a EB1/PE da Ladeira e Lamaceiros, com o projeto “A maravilhosa viagem da cana-de-açúcar”, tendo sido agraciada com um cheque no valor de 300 Euros;

No 3.º escalão (2.º Ciclo) a melhor classificada foi a Escola Básica e Secundária da Calheta, com o projeto “A minha estufa laboratorial”, arrecadando um cheque no valor de 400 Euros;

No 4.º escalão (3.º Ciclo) ganhou a EBS Padre Manuel Álvares, com o projeto “Mini-hídricas nas levadas da Madeira”, que foi recompensada com um cheque no valor de 500 Euros;

Finalmente, no 5.º escalão (Secundário) venceu o projeto da EBS Bispo D. Manuel Ferreira Cabral (Santana), “O papel da bananeira e da cana-de-açúcar na preservação do meio ambiente”, premiada com um cheque no valor de 500 Euros.

No total, neste concurso participaram cerca de 215 alunos da Madeira, 130 dos quais recebem prémio e passam à segunda fase, onde irão desenvolver, com a orientação dos seus professores e a ajuda de algumas entidades parceiras, os seus projetos vencedores.

De salientar que estes projetos são candidatos ao Prémio Final, da Fase Nacional, onde em edições anteriores a Região tem vindo a arrecadar prémios, designadamente:

- 10.ª Edição (2012/2013) - a EB1/PE de Câmara de Lobos conquistou o 2.º lugar, na categoria 2.º escalão (1.º ciclo) arrecadando 7.500 Euros;

- 11.ª Edição (2013/2014) - a EB123/PE do Porto da Cruz foi agraciada com uma menção honrosa no valor de 1.000 Euros, na categoria 1.º escalão (pré-escolar);

- 12.ª Edição (2014/2015) - a EB123/PE do Porto da Cruz voltou a arrecadar uma menção honrosa no valor de 1.000 Euros, na categoria 1.º escalão (pré-escolar) e a EBS Bispo D. Manuel Ferreira Cabral (Santana) recebeu, também, uma menção honrosa no valor de 2.250 Euros, na categoria 3.º escalão (2.º e 3.º ciclos);

- 13.ª Edição (2015/2016) - a EB123/PE do Porto da Cruz arrecadou o 2.º prémio no valor de 3.500 Euros, na categoria 1.º escalão (pré-escolar) e a EB123/PE do Curral das Freiras recebeu uma menção honrosa no valor de 3.000 Euros, na categoria 3.º escalão (2.º ciclo).

JM