PS-M imprimiu "marca diferenciadora relativamente à governação autárquica"

O PS-Madeira "introduziu uma marca diferenciadora relativamente à governação autárquica", defendeu, esta noite, o presidente Carlos Pereira, no comício que juntou mais de mil pessoas no Parque Desportivo de Água de Pena.

"Essa marca é a atenção relativamente às pessoas, é a atenção relativamente àqueles que são os programas sociais", sublinhou o líder socialista madeirense, que disse acreditar que a população irá valorizar isso. "Estamos a trabalhar há muito tempo para conquistar mais câmaras, mais vereadores e mais juntas de freguesia, e nós andamos no terreno e percebemos que é isso que os madeirenses querem", afiançou.

Carlos Pereira afirmou mesmo que a governação dos presidentes de câmara socialistas tem-se evidenciado, pelas melhores razões: "seja na forma como encaram as questões financeiras, seja pela na ausência de clientelismo que demonstram todos os dias na governação e seja também, e sobretudo, pela atenção social que têm perante os seus munícipes".

Por seu turno, Ricardo Franco, que se recandidata à liderança do município de Machico, garantiu que irá tornar o concelho mais desenvolvido, promovendo políticas para o turismo, entre outras áreas essenciais. Relembrou ainda a grande diminuição da dívida de Machico, conseguida pelo executivo a que preside.

Já Mafalda Gonçalves, presidente do Departamento Regional das Mulheres Socialistas (DRMS) elogiou o papel preponderante das mulheres nesta pré-campanha às eleições autárquicas.

Finalmente, o líder da Juventude Socialista, Olavo Câmara, afiançou que é possível fazer mais pelos jovens quando as câmaras municipais são socialistas, dando como exemplo o Porto Moniz, concelho onde os manuais escolares são gratuitos para todos os estudantes.

Sofia Lacerda