Debate JM: Ricardo Catanho quer "equipa de apoio ao domicílio" para idosos e pensão para quem vive abaixo do limiar da pobreza

Mais do que a criação de um Lar de Idosos, que José António Garcês acabou de anuncia no debate JM, Ricardo Catanho, do PS, defende a criação de uma "equipa de apoio domiciliário" a idosos do concelho e uma pensão social para quem viva abaixo do limiar da pobreza.

Ricardo Catanho disse ainda que "faz sentido" a Câmara Municipal de São Vicente avançar para a habitação social municipal e que até deveria ter sido avançado mais cedo e não na reta final do mandato.

Nas políticas sociais, defendeu a ajuda ao arrendamento e uma "pensão social" para quem vive "abaixo limiar da pobreza" no concelho, perspetivando que seja necessário entre 400 mil a 500 mil euros para aplicar essa medida.