Albuquerque diz que PS-Madeira “sofre de síndrome de Estocolmo”

Marco Milho

O presidente do Governo Regional considerou que "há uma razão para o calamitoso percurso do PS-Madeira" e afirmou que o partido sofre de "síndrome de Estocolmo"

Depois de ter sido interpelado pelo líder parlamentar social democrata, Jaime Filipe Ramos, Miguel Albuquerque aludiu "às vítimas de sequestro que começam a sentir uma afeição pelo sequestrador". Para o governante, o PS-Madeira "continua a amar e a venerar o sequestrador", referindo-se a António Costa e ao Governo Central.

"Uma boa notícia é que enquanto o PS-Madeira continuar assim, vamos continuar a ter maiorias absolutas", concluiu.