Mulher vacinada e com teste antigénio negativo expulsa de pastelaria no Funchal

Paulo Graça

Uma mulher foi expulsa de uma esplanada de uma pastelaria situada no Funchal, na rua Cidade do Cabo, no Til, apesar de estar vacinada e de ser portadora de um teste antigénio negativo feito há poucas horas.

A rapariga confidenciou ao JM que foi prejudicada por excesso de zelo. Revelou que tinha mantido um contacto recente com um familiar que estaria com suspeitas de estar infetado com a covid-19. Por via disso, decidiu realizar um teste antigénio que se revelou negativo. Mas, uma vez que na altura em que se deslocou ao estabelecimento comercial ainda não tinha tido a confirmação do teste PCR do familiar, pediu para ficar na esplanada de forma a garantir o distanciamento necessário.
Deslocou-se à pastelaria ‘Grão Farinha’ porque já não comia desde manhã, mas acabou por continuar à fome já que depois de ter conversado com a funcionária, descrevendo o que havia lhe acontecido, embora estivesse vacinada e com teste antigénio negativo, foi convidado a sair do local pelo gerente e funcionários da pastelaria.
Pediu o livro de reclamações e os responsáveis da pastelaria também recusaram. Neste momento aguarda pela chegada da PSP para fazer queixa.
Contactado pelo JM, a gerência da pastelaria não quis se pronunciar sobre o sucedido, remetendo qualquer consideração para uma colaboradora. Mas também esta funcionária não quis falar sobre o assunto.