OE: "Estão 12 milhões no Orçamento de Estado para o novo hospital (...)”, diz Carlos Pereira em dia decisivo

A inviabilização da proposta de Orçamento para o próximo ano trará entraves significativos” para a Madeira e atrasos nos projetos a concretizar, alerta Carlos Pereira, vice-presidente do grupo parlamentar do PS na Assembleia da República, dando desde logo como exemplo o novo hospital da Madeira.

Para Carlos Pereira, o chumbo de um Orçamento, com a respetiva instabilidade política e a convocação de eleições, “não é algo de bom”, numa altura em que a Madeira inicia um processo de recuperação e tem um Plano de Recuperação e Resiliência para executar. “Esta matéria coloca entraves significativos a estas questões”, insiste.

O parlamentar evoca ainda as matérias para o apoio às empresas que a Madeira tem acesso e “coisas tão críticas” como o novo hospital. “Estão 12 milhões no Orçamento de Estado para o novo hospital que sem aprovação não é possível ser transferidos”, vinca.

Leia, na íntegra, na edição impressa de hoje do JM.